Você pode almejar encontrar a melhor versão de si e combater o envelhecimento da pele sem passar por cirurgias. Correto? Existem algumas práticas que tornam esses procedimentos mais seguros. Entretanto, também é possível contar com o laser de CO2, que tem a mesma finalidade e não é cirúrgico.

Além de auxiliar no rejuvenescimento da pele, esta técnica ameniza marcas de estrias e de acne e uniformiza o tom de pele. Por isso, esse procedimento pode ser adotado por homens e mulheres que almejam controlar esses incômodos.

Então, quer entender mais sobre o funcionamento do laser de CO2, cuidados pós-procedimento e muito mais? Continue conosco!

O que é o laser de CO2?

O laser de CO2 é um procedimento utilizado e querido de muitos pacientes interessados em resultados estéticos. Ele funciona ao aplicar o laser na região desejada, como rosto, pescoço, mão e colo, destruindo a camada mais superficial da pele e produzindo uma pele mais nova com o estímulo de colágeno, o que resulta nos benefícios citados no início do texto.

E ainda, ele é útil para preservar os efeitos de cirurgias faciais realizadas anteriormente. Para isso, o profissional que conduz a ação do laser de CO2 deve aplicar um creme anestésico na área a ser tratada e nos olhos. Tudo isso evita lesões no paciente e promove uma melhor recuperação pós-cirúrgica, contribuindo com o resultado final da cirurgia.

Como funciona a atuação do laser fracionado de CO2?

Percebeu como contar com essa técnica pode oferecer inúmeros benefícios a sua aparência física? Isso ocorre porque ele aquece a água da pele, destrói a envelhecida e constrói uma nova camada, incentivando a renovação natural da pele e proporcionando a recuperação de uma pele rejuvenescida.

Nesse sentido, saiba que existe a aplicação do laser de CO2 convencional e o laser fracionado de CO2. Este último é dividido em vários microfeixes de luz, similarmente a uma ducha. Essa aplicação pode ser levemente  incômoda no início, mas a utilização de anestésicos traz mais conforto ao procedimento.

A principal diferença entre o laser de CO2 fracionado, em comparação com o convencional, é que ele preserva micro ilhas de pele entre as que são queimadas, possibilitando uma recuperação bem mais rápida.

Como ocorre o pós-procedimento?

Depois que o paciente passa por esse procedimento é preciso redobrar os cuidados com hidratação e proteção solar. Assim, é indispensável evitar exposição solar e utilizar chapéus e outros tipos de proteção, para que o sol não cause manchas na pele.

Normalmente, os impactos na pele são percebidos até 4 ou 5 dias da aplicação do laser CO2. Nesse período, é normal que ela fique avermelhada, com um leve inchaço e até sofra com descamação. Após um tempo, já é possível notar a melhora na pele, especialmente após 20 dias do tratamento.

Além disso, saiba que pode ser necessário até 4 sessões para a pele atingir os resultados desejados. Isso depende do aparelho utilizado e a potência escolhida. Seja como for, saiba que todo tipo de pele pode ser contemplado com o procedimento, desde as claras até  as morenas.

Portanto, o laser de CO2 é útil para proporcionar uma pele mais saudável e preservada pós-cirurgias faciais. Dessa maneira, fica mais fácil encontrar a melhor versão de si e otimizar a autoestima com auxílio desse procedimento.

Quer agendar uma consulta conosco para avaliar o seu quadro e saber mais sobre o laser de CO2? Faça isso agora mesmo em nosso site!