Laser de CO2 Fracionado – saiba os benefícios no uso pós-cirúrgico

Você pode almejar encontrar a melhor versão de si e combater o envelhecimento da pele sem passar por cirurgias. Correto? Existem algumas práticas que tornam esses procedimentos mais seguros. Entretanto, também é possível contar com o laser de CO2, que tem a mesma finalidade e não é cirúrgico.

Além de auxiliar no rejuvenescimento da pele, esta técnica ameniza marcas de estrias e de acne e uniformiza o tom de pele. Por isso, esse procedimento pode ser adotado por homens e mulheres que almejam controlar esses incômodos.

Então, quer entender mais sobre o funcionamento do laser de CO2, cuidados pós-procedimento e muito mais? Continue conosco!

O que é o laser de CO2?

O laser de CO2 é um procedimento utilizado e querido de muitos pacientes interessados em resultados estéticos. Ele funciona ao aplicar o laser na região desejada, como rosto, pescoço, mão e colo, destruindo a camada mais superficial da pele e produzindo uma pele mais nova com o estímulo de colágeno, o que resulta nos benefícios citados no início do texto.

E ainda, ele é útil para preservar os efeitos de cirurgias faciais realizadas anteriormente. Para isso, o profissional que conduz a ação do laser de CO2 deve aplicar um creme anestésico na área a ser tratada e nos olhos. Tudo isso evita lesões no paciente e promove uma melhor recuperação pós-cirúrgica, contribuindo com o resultado final da cirurgia.

Como funciona a atuação do laser fracionado de CO2?

Percebeu como contar com essa técnica pode oferecer inúmeros benefícios a sua aparência física? Isso ocorre porque ele aquece a água da pele, destrói a envelhecida e constrói uma nova camada, incentivando a renovação natural da pele e proporcionando a recuperação de uma pele rejuvenescida.

Nesse sentido, saiba que existe a aplicação do laser de CO2 convencional e o laser fracionado de CO2. Este último é dividido em vários microfeixes de luz, similarmente a uma ducha. Essa aplicação pode ser levemente  incômoda no início, mas a utilização de anestésicos traz mais conforto ao procedimento.

A principal diferença entre o laser de CO2 fracionado, em comparação com o convencional, é que ele preserva micro ilhas de pele entre as que são queimadas, possibilitando uma recuperação bem mais rápida.

Como ocorre o pós-procedimento?

Depois que o paciente passa por esse procedimento é preciso redobrar os cuidados com hidratação e proteção solar. Assim, é indispensável evitar exposição solar e utilizar chapéus e outros tipos de proteção, para que o sol não cause manchas na pele.

Normalmente, os impactos na pele são percebidos até 4 ou 5 dias da aplicação do laser CO2. Nesse período, é normal que ela fique avermelhada, com um leve inchaço e até sofra com descamação. Após um tempo, já é possível notar a melhora na pele, especialmente após 20 dias do tratamento.

Além disso, saiba que pode ser necessário até 4 sessões para a pele atingir os resultados desejados. Isso depende do aparelho utilizado e a potência escolhida. Seja como for, saiba que todo tipo de pele pode ser contemplado com o procedimento, desde as claras até  as morenas.

Portanto, o laser de CO2 é útil para proporcionar uma pele mais saudável e preservada pós-cirurgias faciais. Dessa maneira, fica mais fácil encontrar a melhor versão de si e otimizar a autoestima com auxílio desse procedimento.

Quer agendar uma consulta conosco para avaliar o seu quadro e saber mais sobre o laser de CO2? Faça isso agora mesmo em nosso site!


Deep Plane Facelift – Resultados mais duradouros e harmoniosos

Na busca pela melhor versão de si, a cirurgia facial surge como um importante auxiliar. No caso da técnica Deep Plane Facelift, é o procedimento cirúrgico mais avançado no combate ao envelhecimento do rosto e proporciona resultados a longo prazo. Isso porque a sua atuação  é nas camadas mais profundas, como a própria tradução do nome para o português sugere.

Dessa forma, pessoas na faixa dos 40 anos já podem passar por esse procedimento, desde que seja recomendado pelo cirurgião plástico responsável. Nesse sentido, adiantamos que a prática não exige muito tempo de recuperação e, após 2 semanas, os resultados começam a ser notados.

Quer entender mais sobre os benefícios da técnica Deep Plane Facelift? Continue conosco e entenda porque essa cirurgia facial é a queridinha dos famosos!

Como funciona a técnica Deep Plane Facelift?

Conforme mencionado, a Deep Plane Facelift é uma cirurgia facial que ocorre nas camadas profundas da musculatura facial. Afinal, você sabia que não é apenas a pele que envelhece? Com o tempo, a musculatura também perde volume e sustentação, o que torna o envelhecimento mais aparente.

Então, o foco da técnica é reposicionar a musculatura do rosto para contornar esse incômodo que afeta muitas pessoas. Para isso, os profissionais devem efetuar uma dissecção profunda, liberando os ligamentos dos tecidos da face para um reposicionamento mais natural.

Além disso, a cirurgia também é uma importante técnica de rejuvenescimento, utilizada para redefinir sinais de beleza aparentes, como por exemplo, uma melhor definição da mandíbula, melhora na angulação do pescoço e otimização nas áreas mais cheias do rosto.

Assim, o paciente passa a ter uma aparência mais jovem, sem a necessidade de esticar a pele para combater rugas, flacidez e linhas de expressão.  Esse esticamento pode ser visto como artificial para muitos, o que torna os resultados insatisfatórios.

Quais são os benefícios da Deep Plane Facelift?

Percebeu que a Deep Plane Facelift é uma cirurgia facial com inúmeros benefícios? Isso ocorre porque ela é um procedimento avançado e foca em resultados mais duradouros e naturais. Logo, ela é  considerada superior a outras cirurgias estéticas com essa finalidade. Acompanhe mais sobre seus benefícios a seguir!

Maior eficiência

Como visto, existem outros procedimentos estéticos que visam combater o envelhecimento na pele. Os mais comuns envolvem o uso de preenchimentos, como o ácido hialurônico e botox, por exemplo. Assim, é possível combater flacidez, linhas de expressão e rugas, principalmente abaixo dos olhos e no bigode chinês.

Todavia, também por ser uma técnica que conecta a pele à musculatura da face, os resultados da Deep Plane facelift costumam ter um aspecto bem mais natural, eficiente e prolongado.

Menos impacto

Uma crítica frequente de quem opta pela realização de uma cirurgia facial é o impacto causado, como inchaços, hematomas e principalmente cicatrizes. Então, saiba que essa técnica traz menos impactos comparado a outros procedimentos. Esse é mais um diferencial e benefício da Deep Plane, isso porque não há separação entre a pele e o músculo, além de incisões precisamente posicionadas para minimizar a aparência de cicatrizes, proporcionando um resultado mais natural com cicatrizes praticamente imperceptíveis.

Rapidez na recuperação

Outra vantagem proporcionada pela Deep Plane Facelift é a maior rapidez com que os pacientes se recuperam. E ainda, a menor incidência de cicatrizes. Logo, é possível trazer muito mais satisfação, se comparado a outros procedimentos estéticos.

Em outras palavras, a cirurgia facial Deep Plane Facelift oferece inúmeros benefícios aos pacientes, principalmente na naturalidade dos resultados. Uma das maiores razões por trás disso é que ela acompanha os avanços tecnológicos, o que torna o processo otimizado.

Então, deseja agendar uma avaliação para saber se é o momento ideal de realizar a Deep Plane Facelift? Entre em contato conosco agora mesmo!


Cirurgia após os 50: conheça as mais indicadas

Cirurgia após os 50: conheça as mais indicadas

O avanço da idade é bastante sentido na aparência física, que passa a ter mais marcas de expressão e rugas. Para muitas pessoas, essa transformação no físico serve para contar histórias da passagem de tempo e, por isso, merecem permanecer. Por outro lado, existe quem busque técnicas de cirurgia facial para contornar essas mudanças.

Afinal, é possível que elas interfiram na autoestima e na autoconfiança da mulher. Assim, saiba que não existe nada de errado em envelhecer e aceitar esse processo. Do mesmo modo, procurar por procedimentos cirúrgicos para minimizar os efeitos do envelhecimento também não é errado. O mais importante é buscar sempre a melhor versão de si e se sentir bem.

Pensando nisso, listamos as cirurgias faciais mais indicadas para pessoas acima dos 50 anos e que você pode se interessar para combater os sinais da idade. Confira!

Blefaroplastia

A blefaroplastia consiste na correção da região das pálpebras, uma das áreas mais afetadas pelo avançar da idade. Não é à toa que esse tipo de cirurgia plástica é a terceira estética mais popular no Brasil, atrás da lipoaspiração e da mamoplastia.

Assim, quem optar por esse procedimento pode ter a flacidez e o excesso de gordura na região diminuídos. As cicatrizes desenvolvidas nesse processo ficam quase imperceptíveis nas dobras das pálpebras. Logo, esse é mais um motivo para optar pela blefaroplastia.

Deep Plane Facelift

A técnica deep plane facelift é considerada uma das técnicas cirúrgicas mais avançadas e inovadoras de rejuvenescimento facial. É uma cirurgia que reposiciona as camadas mais profundas da musculatura e gordura do rosto para trazer uma aparência mais jovem e natural.   Afinal, mexer apenas com a pele pode não oferecer resultados duradouros e ainda causar a sensação de pele esticada, uma queixa de muitas pessoas.

Outro ponto positivo da técnica deep plane facelift é não precisar de muitas incisões e a cicatrização ser mais simples, comparada à técnica comum. Tudo isso porque não há a separação entre pele e músculos, o que proporciona uma recuperação mais rápida,com incisões estratégicamente posicionadas, para que fiquem praticamente imperceptíveis.

Lifiting de sobrancelhas

Outra característica comum do envelhecimento é as sobrancelhas se tornarem caídas devido à flacidez da pele. Por isso, existe o lifting de sobrancelha, uma cirurgia facial que levanta essa região. Em alguns casos, isso ocorre com auxílio de videoendoscopia.

A partir dele, é possível reposicionar os músculos da região que tornam a área caída. Os cuidados pós-operatórios são básicos, como evitar encostar a sobrancelha em qualquer superfície e evitar a exposição solar.

Lifting Labial

Outra cirurgia facial muito buscada entre mulheres acima de 50 anos é o lifting labial. Ela tem como função a correção da queda natural do lábio superior, que tende a perder sustentação com o passar dos anos, o que contribui para uma aparência mais envelhecida.

Então, para corrigir isso o procedimento pode ser simples e até mesmo contribuir com um volume adicional ao lábio, já que o levantamento do lábio superior proporciona mais volume, expondo mais os dentes superiores e um sorriso mais harmonioso.

Além dessas, existem outras cirurgias faciais muito procuradas para quem tem mais de 50 anos. É o caso do mini lifting, lifting facial e outras. Se sentir necessidade de optar por algum desses procedimentos, lembre-se que o foco deve ser sempre a busca pelo seu bem-estar, e lembre-se: sempre procure um cirurgião plástico com cadastro ativo no Conselho Regional de Medicina e com habilitação para a área de cirurgia plástica.

Quer saber como podemos ajudá-la a colocar em prática os procedimentos citados? Entre em contato conosco para agendar sua consulta e descubra!


Novidade - Laser CO₂ SmartXide Punto: Máxima confiabilidade no controle para um tempo de recuperação extremamente rápido

A Clínica Thomas Benson inova oferecendo o equipamento laser CO₂ com a tecnologia mais moderna do mercado, o SmartXide Punto - que possibilita uma recuperação extremamente rápida com resultados estéticos mais naturais para a textura da pele.

Ele apresenta também uma novidade incrível, o modo CoolPeel: a nova maneira de oferecer os benefícios de um tratamento tradicional do laser CO₂, com uma abordagem mais segura e confortável, visando apenas a camada superficial do tecido, garantindo também uma estimulação homogênea da pele.

  • Controle perfeito do efeito térmico:
    reduzindo assim o risco de efeitos colaterais indesejáveis.
  • Recomendação:
    1 aplicação à cada 15 dias, para obter um resultado similar com o CO₂ tradicional.

Gostamos de associar em todos os casos de Deep Plane - Facelift, o laser de CO₂ fracionado. O resultado é excelente trabalhando em conjunto com as cirurgias de rejuvenescimento facial, ocasionando uma melhora expressiva na pele. Por ser um dos aparelhos mais modernos da atualidade, torna o procedimento ainda mais seguro e com uma recuperação otimizada, comparado com os aparelhos de laser CO₂ tradicionais.

Entre em contato com nossa equipe e agende suas sessões.


Cada vez mais tratamentos estéticos como preenchimentos, fios e aparelhos não invasivos estão sendo aposentados pelo Deep Plane Facelift

Cada vez mais tratamentos estéticos como preenchimentos, fios e aparelhos não invasivos estão sendo aposentados pelo Deep Plane Facelift

Muitas pessoas, quando pensam em reduzir marcas de expressão e garantir um rosto rejuvenescido e pleno, pensam logo em Botox e Preenchimento. Mas logo isso estará no passado. Afinal, chegou a nova era das técnicas para rejuvenescimento facial, com o Deep Plane.

O Deep Plane chamou ainda mais atenção quando o New York Post publicou uma matéria completa mostrando como preenchimentos em maiores quantidades, fios e aparelhos com técnicas não invasivas estão sendo aposentados para o nascimento da era dessa nova técnica, muito mais eficiente e chamando atenção de muitas celebridades – entre eles Marc Jacobs, um dos estilistas mais famosos do mundo.

Então continue lendo que vou te mostrar como funciona essa técnica e os motivos pelos quais ela tem ganhado tanta atenção dos famosos em todo o mundo e pode ser usada por você para rejuvenescer a sua pele e chegar no resultado desejado.

O que é a técnica Deep Plane

O Deep Plane é uma técnica interessante que atua em uma camada mais interna dos músculos faciais, no sistema SMAS (Sistema Músculo-Aponeurótico Superficial). Assim, o profissional faz uma liberação e reposicionamento natural na face, não precisando utilizar preenchimento ou outros tratamentos para ter um bom resultado.

Os diferenciais da técnica

Internacionalmente já podemos sentir os efeitos do aumento da procura pela técnica Deep Plane. Segundo Andrew Jacono, para a matéria do New York Post, há um aumento de 30% da clientela que busca pelo Deep Plane. Mas por que ela tem se tornado a queridinha? Confira a seguir alguns movimentos para isso, pelos diferenciais da técnica:

  • não deixa aquele aspecto de pele esticada, que deixa claro que um procedimento estético foi feito, com efeito mais natural;
  • diferentemente de outras técnicas, como o preenchimento, que precisam realizar correções com lipoenxertia para minimizar o aspecto de bochechas caídas, o Deep Plane não precisa recorrer a isso;
  • o procedimento é mais rápido e simples do que outras técnicas;
  • não gera tantos hematomas quanto outras técnicas de Lifting Facial;
  • recuperação rápida;
  • cicatrização com mínima ou nenhuma marca visível;
  • restauração de volume natural;
  • permite retirar excesso de pele;
  • permite resultados que o Preenchimento e o Botox não proporcionam.

A importância de escolher um bom profissional para realizar o Deep Plane

É importante ressaltar que o Deep Plane, apesar de proporcionar melhores resultados, é uma técnica mais complexa e que atua diretamente na anatomia, o que exige especialização para ser realizada. Por isso, um cirurgião com experiência em cirurgia facial é fundamental para ter além do resultado esperado, evitar complicações, que quando realizado com um profissional com boa experiência são mínimas.

Afinal, estamos falando de técnicas que podem impactar consideravelmente a sua expressão facial. E você não quer prejudicá-la, não é mesmo? Até mesmo questões simples, como uma marca visível de cicatrização, podem ser evitadas com uma boa escolha profissional.

Por isso, conosco você encontrará a técnica realizada da melhor forma, com todo o acompanhamento necessário para ter o resultado dos seus sonhos e, também, com todo o processo pré e pós-operatório de acordo, garantindo sua saúde e qualidade de vida. Confira em nosso site Cirurgias Faciais São Paulo.

Está interessado em realizar o Deep Plane? Então entre em contato e agende sua avaliação!


indicações da blefaroplastia

Quando fazer? Confira as principais indicações da blefaroplastia, a cirurgia das pálpebras

Excesso de pele nas pálpebras, bolsas abaixo dos olhos, olheiras e pés de galinha são um grande incômodo. Afinal, esses sinais deixam a pessoa com ar de cansaço e aspecto envelhecido. No entanto, há uma solução muito boa para resolver esse problema: a blefaroplastia. Essa cirurgia devolve à pessoa uma expressão facial descansada, harmoniosa e dá uma aparência mais jovem. Mas, você sabe quais são as indicações da blefaroplastia? A seguir, confira em que casos ela é indicada, como ela é feita e como é a recuperação. Acompanhe.

O que é blefaroplastia?

Conforme já mencionamos, é uma cirurgia plástica realizada na área dos olhos. Com o passar dos anos, é normal que a pele perca sustentação. E isso é ainda mais perceptível na região dos olhos. Desse modo, as pálpebras ficam caídas, surgem os temidos pés de galinha e bolsas abaixo dos olhos.

Normalmente, é apenas um problema estético. Porém, em alguns casos, o excesso de pele nas pálpebras é tanto que recai sobre os cílios, dificultando a visão. Assim, a blefaroplastia é a cirurgia que corrige isso. O resultado é um olhar mais descansado, expressivo e jovem.

Como a cirurgia é feita?

Em geral, a anestesia é local com sedação. Na pálpebra superior, o médico marca as dobras e linhas naturais para que as incisões deixem cicatrizes o mais imperceptível possível. Em seguida, retira a quantidade necessária de pele e gordura.

Por sua vez, na pálpebra inferior, o corte é feito apenas a alguns milímetros abaixo da linha dos cílios. Por isso, a cicatriz não fica aparente. Assim como nas pálpebras superiores, nas inferiores também há a remoção de excesso de pele e gordura. Esse procedimento dura em média 40 minutos a 1 hora. Após a cirurgia, o paciente precisa ficar por algumas horas no hospital até que o efeito da anestesia passe. Portanto, é uma cirurgia bastante simples e segura.

Quais são as indicações da blefaroplastia?

A blefaroplastia é indicada tanto para homens quanto para mulheres que tenham perdido colágeno, que apresentem flacidez na região dos olhos, que tenham excesso de pele nas pálpebras, linhas de expressão na região ou bolsas de gordura abaixo dos olhos. Além disso, também é indicada para as pessoas que têm dificuldade em enxergar devido ao excesso de pele que recai sobre os olhos.

Para saber se a blefaroplastia é o procedimento mais recomendado para você, é essencial consultar um médico qualificado e experiente. Além de analisar o seu caso, ele também pedirá alguns exames. Depois disso, ele poderá dizer se esse procedimento é o ideal para resolver o que tanto tem incomodado você.

Como é a recuperação?

Em geral, o pós-operatório da cirurgia de pálpebras é bastante tranquilo. Logo no início, há inchaço e hematomas na região, mas que desaparecem em alguns dias. Para acelerar o processo, o paciente pode aplicar compressas frias sobre os olhos.

Também é recomendado dormir com a cabeça mais elevada que o corpo. Uma dica importante é não pegar sol sobre as cicatrizes. Caso contrário, elas poderão ficar escurecidas. Então, o ideal é utilizar óculos escuros e aplicar protetor solar. Dependendo da evolução do paciente, é possível retornar às atividades normais após uma semana.

Agora que você já conhece as indicações da blefaroplastia, viu que ela é uma opção muito eficaz para ter um olhar expressivo, descansado, harmônico e para deixar você com aspecto muito mais jovem. Mas, para alcançar esse resultado, é imprescindível contar com um médico qualificado e com bastante experiência em cirurgia plástica.

Quer saber se essa cirurgia é para você? Então, entre em contato conosco agora mesmo e agende uma avaliação!

Entre em contato! Será um prazer ajudar você nesse processo de retomada da auto-estima!


técnicas de cirurgia facial

Conheça as mais avançadas técnicas de cirurgia facial

Estar bem com a própria aparência é essencial para a autoestima, pois influência diretamente nosso psicológico, emocional e convívio social. Por esse motivo, tem aumentado a procura por procedimentos para corrigir algumas imperfeições. Atualmente, existem diversas técnicas de cirurgia facial, feitas de diferentes maneiras e com objetivos específicos.

Desse modo, é fácil encontrar uma cujo resultado é aquele que desejamos. Por isso, listamos as 4 principais. Quer saber quais são? A seguir, você vai descobrir quais são elas e, ainda, vai entender como são feitas, qual é o resultado esperado e como é o pós-operatório. Confira!

  1. Técnica de cirurgia facial: Blefaroplastia

Trata-se da cirurgia nas pálpebras. Quando há flacidez, acúmulo de gordura ou excesso de pele na região dos olhos, o rosto fica com aspecto envelhecido. Também, há a sensação de um olhar cansado ou, até mesmo, triste. Isso porque os olhos ficam sem expressão.

A blefaroplastia é uma técnica de cirurgia facial simples e dura cerca de 1 hora. Em geral, é feita com anestesia local e sedação. Em seguida, o médico retira o excesso de pele, cauteriza a região com um bisturi elétrico e dá pontos na região. Alguns preferem utilizar adesivos cirúrgicos.

O tempo de internação é em torno de 8 horas e a recuperação é bem tranquila. A cirurgia deixa uma cicatriz bem discreta na dobra da pálpebra superior e logo abaixo dos cílios inferiores na pálpebra de baixo. Ou seja, é praticamente imperceptível.

  1. Rinoplastia

Essa é uma das técnicas de cirurgia facial mais conhecidas. Esse procedimento é indicado para a correção estética do nariz. Desse modo, há várias possibilidades: aumentar ou diminuir a largura do osso nasal, alterar a direção da ponta, melhorar o perfil, reduzir narinas grandes, entre outras.

O procedimento pode durar cerca de 3 horas e a permanência no hospital é curta. Em alguns casos o paciente pode ir para casa no mesmo dia. A cirurgia pode ser feita tanto com anestesia local quanto geral e não deixa cicatrizes aparentes. O curativo é feito com gesso e tampão e a recuperação é bem tranquila (entre 10 a 15 dias).

  1. Técnica de cirurgia facial: Lipoenxertia

Também chamada de preenchimento facial, é um procedimento que recupera o volume do rosto e, assim, promove o seu rejuvenescimento. Ele é feito com a gordura do próprio corpo e é muito eficaz para eliminar rugas e linhas de expressão. Além disso, também é muito eficaz para corrigir pontos que incomodam o paciente, como queixo muito pequeno, maçãs do rosto não marcadas, falta de contorno facial, entre outros.

O procedimento não é complicado. Primeiro, é retirada uma quantidade de gordura de áreas como abdômen, quadril e coxas. Em seguida, essa gordura é aplicada nos locais desejados com agulhas bem finas. Para isso, a anestesia pode ser tanto local com sedação quanto geral.

O pós-operatório é simples: o paciente deve evitar o sol e exercícios físicos por cerca de 15 dias. Após isso, pode voltar à rotina normal.

  1. Otoplastia

Essa cirurgia corrige a posição ou a proporção das orelhas. Ou seja, é indicada para quem tem as chamadas “orelhas de abano”, orelhas assimétricas, com deformidades de nascença ou adquiridas por causa de algum trauma.

Para essa cirurgia, a anestesia mais comum é local com sedação. O médico realiza um corte atrás da orelha e, em seguida, retira o excesso de pele e faz o ligamento da cartilagem. Os pontos de fixação ajudam a manter a nova anatomia. O tempo médio de internação é entre 8 a 12 horas. Há alguns cuidados no pós-operatório: nas primeiras 24 horas, o curativo é em formato de capacete. Depois desse período, é substituído por uma faixa de compressão que deve ser usada por aproximadamente 30

dias.

  1. Técnica de cirurgia facial: Deep Plane Facelift

O principal diferencial do Lifting Facial Deep Plane, como o próprio nome sugere, é a atuação em uma camada mais profunda dos músculos. Ela atua diretamente entre o sistema SMAS, ou Sistema Músculo-Aponeurótico Superficial, que provoca os sinais de envelhecimento facial e a camada muscular mais profunda, responsável pela expressão facial.

O principal objetivo do Lifting Facial Deep Plane está na liberação e reposicionamento das camadas musculares e de gordura, sem provocar tensão nos tecidos, resultando em uma aparência mais jovem e sem o aspecto de “pele esticada”.

Em geral, os ligamentos dos tecidos da face são liberados para um reposicionamento natural em todo o rosto e pescoço, restaura a forma e o volume das bochechas sem a necessidade da aplicação de preenchimento ou gordura. Também são liberados os ligamentos que prendem a mandíbula para que ela possa ser levantada, criando uma aparência de linha da mandíbula mais lisa e nítida.

Além da face, também é utilizada em conjunto com a cervicoplastia, permitindo um maior refinamento da área do pescoço e linha do maxilar com resultados mais duradouros.

Essas são as principais, mas há diversas outras técnicas de cirurgia facial. Isso significa que é possível encontrar uma específica para chegar ao resultado que você deseja. Por isso, é importante ficar por dentro dos principais tipos, conhecer como são feitos e quais são seus resultados.

Quer saber mais sobre procedimentos para o rosto? Então, não deixe de saber sobre a técnica Deep Plane Face Lifting, que oferece resultados incríveis.

Entre em contato! Será um prazer ajudar você nesse processo de retomada da auto-estima!


lip lifting

Lábios com volume: conheça o lip lifting

Você já pensou no quanto seus lábios impactam na harmonia do seu rosto? Pense, por exemplo, no impacto que um sorriso bonito traz para demonstrar sua personalidade. Pense, também, em como ele também está intimamente ligado com a ideia de jovialidade e beleza. Por isso lábios bonitos, com volume, tendem a chamar mais atenção e destacar o seu rosto. Mas como resolver isso? O lip lifting é uma técnica que tem ganhado cada vez mais adeptos e poderá ser a solução para o seu problema! Vou mostrar os principais pontos da técnica a seguir. Boa leitura.

O que é o lip lifting?

O lip lifting é uma técnica minimamente invasiva cirúrgica que permite reposicionar a parte superior dos lábios e, assim, traz resultados mais duradouros do que outras técnicas, além de ser mais indicado para alguns quadros.

Algumas pessoas confundem o lip lifting com preenchimento, mas não são a mesma técnica. O preenchimento é feito com uma substância que preenche a região e aumenta o volume. Funciona muito bem para pessoas mais jovens, que ainda não passaram por enrugamento, perda de volume e prolongamento filtral.

Para aquelas que queiram corrigir outras questões além do volume, o lip lifting oferece mais possibilidades e resultados mais duradouros, já que a substância utilizada no preenchimento tende a ser absorvida pelo organismo ao longo do tempo.

Contudo, muitas vezes pode, até mesmo, ser interessante utilizar os dois, com o preenchimento como uma técnica complementar. Na avaliação, o cirurgião plástico verá se há uma indicação para isso.

E por fim, com o avanço da idade a distância entre o nariz e o lábio superior tende a aumentar dando um aspecto de envelhecimento. O lip lifting reduz essa distância e junto ele preenche o lábio superior dando um contorno mais bonito e aspecto jovial.

Como a técnica é realizada?

Para realizar o lip lifting, o cirurgião realiza uma abertura logo abaixo do nariz e realiza a remoção de excesso de pele para elevar o lábio superior e reposicionando-o de acordo com a avaliação feita previamente. Com isso, é possível deixar a região mais harmoniosa e simétrica e de forma natural.

É importante lembrar que a técnica é totalmente indolor, pois é aplicada uma anestesia local para sua realização. A pessoa que realiza o procedimento pode recuperar-se entre 5 e 7 dias e é importante realizar todos os cuidados que o profissional indicar.

O lip lifting é seguro?

A resposta é: sim! É um procedimento minimamente invasivo e a incisão deixa uma pequena marca praticamente imperceptível na linha subnasal. E com os cuidados pós-operatórios sendo realizados pelo paciente de forma correta, as chances de complicações são praticamente nulas.

Como escolher o melhor lugar para realizar o lip lifting?

Para escolher o melhor local para realizar o lip lifting, é importante considerar a experiência do cirurgião plástico que fará o procedimento. Afinal, pense que, por ser um procedimento mais duradouro, é fundamental evitar erros no procedimento.

Por isso, avalie algumas condutas do profissional e da clínica, entre elas:

  • veja se na avaliação o médico está aberto a responder todas as suas dúvidas;
  • confira se ele tem hábito de sempre atualizar suas técnicas;
  • veja outros procedimentos de lip lifting que ele já realizou e se foram bem realizados;
  • converse para saber como ele realiza o acompanhamento no pós-operatório.

O lip lifting também pode ser associado a diversos outros procedimentos, como o deep plane.

O lip lifting pode auxiliar a corrigir problemas de simetria, resolver problemas causados pelo envelhecimento na região e devolver sua vontade de sorrir. Por isso, caso queira fazer o procedimento de forma segura, agende sua avaliação comigo.

Entre em contato! Será um prazer ajudar você nesse processo de retomada da auto-estima!


Técnica Deep Plane

Técnica Deep Plane: o seu grande diferencial

Quando pensamos em procedimentos que podem contribuir para o rejuvenescimento facial, podemos nos lembrar de uma série de boas alternativas disponíveis no mercado atualmente, em função dos grandes avanços que a medicina estética vem fazendo. No entanto, você sabe qual é o grande diferencial da técnica Deep Plane?

Trata-se de uma das opções mais modernas e avançadas dos dias de hoje, uma vez que torna possível obter resultados mais naturais e com longa duração, por meio de uma intervenção completamente segura quando feita por um médico experiente. O tema despertou sua curiosidade? Então, continue sua leitura!

O que é a técnica Deep Plane?

O Deep Plane é uma modalidade de cirurgia que, como o próprio nome já diz, trabalha nas camadas mais internas da pele, atuando diretamente sobre a musculatura do paciente. Em inglês, “Plane” quer dizer plano, enquanto “Deep” significa profundo. Ou seja, o procedimento se dá em um plano mais profundo do que em outras técnicas.

Por meio do Deep Plane, o médico tem a possibilidade de ajustar e reposicionar não apenas camadas de gordura, mas também os músculos faciais. Sendo assim, é possível obter resultados incríveis, como uma face com aspecto mais jovial. Além disso, como não há aplicação de tensão excessiva, a pessoa não fica com aquele temido aspecto de pele esticada.

Qual o grande diferencial da técnica Deep Plane?

O grande diferencial da técnica Deep Plane é exatamente o fato de ser extremamente moderna e bastante avançada. Ela é mais eficiente em relação a outros procedimentos, proporcionando um resultado muito mais desejável. Como se não bastasse, o pós-operatório é muito tranquilo e o paciente tem um menor tempo de recuperação.

Qualquer pessoa, com o avançar da idade, acaba tendo flacidez, rugas e marcas de expressão. No entanto, com o Deep Plane, o médico consegue conferir um aspecto natural à face, deixando as linhas proporcionais ao rosto. Em partes, isso se dá pelo levantamento do Sistema Músculo Aponeurótico Superficial (SMAS), conferindo uma boa firmeza para a região.

Como é a cicatrização no Deep Plane?

Uma das grandes preocupações das pessoas em relação a procedimentos cirúrgicos é quanto ao período pós-operatório. Porém, podemos dizer que mais um dos diferenciais do Deep Plane está relacionado justamente com o período de recuperação: apesar de apresentar alguns inchaços e dores suportáveis, seu processo é mais rápido e tranquilo se comparado com outros procedimentos.

A técnica não gera muitos hematomas ou edemas maiores, embora possam surgir eventuais e transitórios inchaços nas áreas onde houve o reposicionamento da musculatura. Seguindo as orientações do médico, tudo desaparece de forma rápida e gradual. Ele também pode prescrever analgésicos e anti-inflamatórios.

Agora você já sabe qual o grande diferencial da técnica Deep Plane. É uma das opções mais avançadas do mercado, pela qual você pode ter resultados incríveis e uma recuperação muito tranquila!

Gostou de aprender qual o grande diferencial da técnica Deep Plane? Quer fazer o procedimento com um médico com grande expertise na área? Então, não perca mais tempo: entre em contato conosco e agende a sua consulta!


envelhecimento facial

Envelhecimento Facial e a notoriedade da técnica Deep Plane

As pessoas estão em uma busca constante por procedimentos que consigam unir excelentes resultados, bom padrão de segurança e pouco tempo de recuperação. Logicamente, unir tantas qualidades não é uma tarefa simples e, por isso mesmo, resolvemos preparar um post falando sobre o envelhecimento facial e notoriedade da técnica Deep Plane.

É uma opção que vem chamando a atenção na medicina, por se constituir em uma intervenção avançada e moderna, que vêm de encontro justamente à essa demanda. A introdução despertou o seu interesse sobre o tema? Então, continue sua leitura e aprenda mais sobre a incrível notoriedade da técnica Deep Plane!

O que ocorre no envelhecimento facial?

Antes de falarmos da notoriedade da técnica Deep Plane, é interessante abordarmos o que ocorre no envelhecimento facial. Trata-se de um processo natural e progressivo provocado pela idade, pelo qual todas as pessoas passam. Ele cursa com o aumento da flacidez e das rugas de expressão, deixando aqueles traços leves e joviais como uma lembrança do passado.

Isso ocorre por conta de transformações fisiológicas e estruturais que acontecem no organismo humano, sem um início cronológico exato, com influências ambientais, genéticas e culturais. O mecanismo mais notório se dá pela diminuição na produção de colágeno e o desgaste das fibras já existentes, reduzindo a elasticidade e provocando danos cumulativos.

Por que a técnica Deep Plane é revolucionária?

Depois de entender melhor o que ocorre no envelhecimento facial, fica mais simples compreender por que a técnica Deep Plane é revolucionária. É uma solução avançada e moderna que a medicina oferece, promovendo um excelente nível de rejuvenescimento, com resultados mais naturais e uma recuperação muito mais rápida.

A técnica consiste, como o seu próprio nome já diz, em abordar camadas mais profundas da musculatura da região da face, fazendo um reposicionamento dos músculos, gorduras e da pele. Tudo isso, quando feito por um cirurgião experiente, não causa tensão desnecessária nos tecidos, o que evita que os pacientes fiquem com um aspecto artificial.

Quais as maiores vantagens do Deep Plane?

São tantas vantagens que é até difícil indicar as principais. Em relação a outros procedimentos de rejuvenescimento facial, o Deep Plane tem resultados mais completos e duradouros do que as técnicas não invasivas, além de menores impactos quando comparado a outras cirurgias, provocando menos inchaços, hematomas e tendo uma recuperação mais rápida se comparado com técnicas parecidas, como minilifting e preenchimento.

Além disso, o Deep Plane não deixa cicatrizes evidentes, tratando a anatomia da face de uma forma precisa e altamente eficiente. Vale lembrar que, por não ser um método agressivo ou que apresente grandes riscos de complicações, ele pode ser feito concomitantemente a outros, como blefaroplastia, lipoenxertia, laser CO2 e assim por diante.

Agora você já sabe tudo o que precisa sobre envelhecimento facial e notoriedade da técnica Deep Plane. Trata-se de uma alterativa muito interessante para quem deseja rejuvenescer, mas não tem tempo a perder com recuperações longas ou muito complicadas.

Gostou de aprender mais sobre a notoriedade da técnica Deep Plane? Quer realizar o procedimento? Então, não perca mais tempo: entre em contato conosco e agende a sua consulta!