Uma das principais características do envelhecimento é o aparecimento do franzido na testa devido as rugas e marcas de expressão. Para solucionar essas marcas que surgem com o tempo, muitas pessoas estão adotando procedimentos como o lifting frontal. Veja nesse artigo todos os detalhes do lifting frontal, desde seus benefícios, até indicações.

Siga com a gente na leitura!

Objetivo do Lifting frontal

O lifting frontal é uma cirurgia que tem como objetivo promover o rejuvenescimento facial por meio da suavização das rugas e linhas de expressão na região da testa.

Entre os detalhes do lifting frontal que são importantes para conhecer está a forma de realização deste procedimento. Basicamente, neste método, o médico cirurgião promove o levantamento da pele e tecidos situados na região da testa.

Esta elevação é feita por meio do uso de uma câmera endoscópica de alta precisão ou bisturi. Essa elevação dos tecidos reduz as rugas da área, promovendo uma aparência mais jovial.

Métodos de lifting frontal

Atualmente se usa duas técnicas aplicadas no lifting frontal: lifting através de endoscópio ou de bisturi. Veja a seguir os detalhes do lifting frontal por endoscópio!

Lifting frontal através de endoscópio

No lifting frontal por endoscópio, geralmente se usa instrumentos com uma câmera na ponta. Após pequenas incisões, o médico insere o endoscópio com a intensão de reposicionar a musculatura e a pele da testa.

Além disso, com essa técnica também é possível sugar a gordura excedente nos tecidos. Um benefício muito importante desta técnica é o tempo de recuperação: por possuir incisões menores, o paciente pode retornar rapidamente à sua rotina normal.

Lifting frontal com bisturi

Agora que já conhece os detalhes do lifting frontal com endoscópio, vejamos a segunda técnica, que é com o uso de bisturi.

Nesta técnica são feitos pequenos cortes na cabeça, principalmente na parte superior e lateral da testa. Assim, o cirurgião consegue puxar e soltar a pele sempre que necessário.

Ainda é possível serem realizados também cortes pequenos nas dobras das pálpebras, melhorando muito o resultado.

Cuidados após a cirurgia

A recuperação do Lifting Frontal requer cuidados como qualquer cirurgia, claro que ao permitir a aplicação da técnica por endoscopia, o paciente terá uma recuperação mais rápida, devido incisão ser menor.

A recuperação acontece entre 10 e 15 dias, permitindo que logo você retome suas atividades normalmente.

No entanto, os primeiros 5 dias acabam ficando evidentes hematomas e inchaço no rosto, por isso se recomenda que a cabeça permaneça elevada durante o período de recuperação.

Importante também utilizar compressas frias várias vezes ao dia para ajudar a controlar o inchaço das regiões que ficarem mais inchadas.

Pode ser comum o aparecimento de dores de cabeças nos 3 primeiros dias, portanto, o médico pode receitar alguns analgésicos para amenizar os sintomas.

Os pacientes sempre têm uma grande preocupação com um dos detalhes do lifting frontal referente ao crescimento do cabelo nas regiões das incisões. Mas, ele cresce normalmente no mês seguinte à recuperação.

Recomendações do pós-operatório:

  • Lavar a cabeça, após 3 dias, sempre tendo cuidado com os curativos;
  • Evitar utilizar produtos de maquiagem ou ácidos no rosto;
  • Evitar qualquer esforço físico ou atividades que mantenham a cabeça baixa;
  • Não se expor ao sol, para evitar manchar a cicatriz;
  • Uso de analgésicos e anti-inflamatórios, somente com prescrição do seu médico.

Agora que você já conheceu os detalhes do lifting frontal, converse com seu cirurgião e explique suas expectativas!